WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Eliane Aquino participa da assinatura para obras do Hospital do Câncer

16/02/2017 - 12h40
clique para ampliarFotos: Danillo França
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar

"Hoje é um dia extremamente feliz em minha vida. A certeza de que as obras do Hospital do Câncer serão iniciadas é o melhor presente de aniversário que eu poderia ganhar. Esse hospital é um sonho que há muitos anos vem sendo acalentado por todos aqueles que compreendem o sofrimento que o câncer traz. É um projeto que foi pensado nos mínimos detalhes, não somente nas questões técnicas, mas na dignidade de cada paciente e de cada familiar que por aqui passar. Quero pedir a toda a bancada do estado de Sergipe que não transformem  essa obra numa bandeira de guerra política, mas sim numa junção de paz, de garra e de esperança". A afirmação foi da vice-prefeita Eliane Aquino, que representou o prefeito Edvaldo Nogueira, durante a solenidade da assinatura do termo de serviço autorizando o início das obras de construção do Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas. A solenidade ocorreu nesta quinta-feira, dia 16, no Centro Administrativo Governador Augusto Franco.

O governador Jackson Barreto reiterou a fala da vice-prefeita e ressaltou que a construção do Hospital do Câncer não representa a vitória pessoal de políticos ou gestores, mas do povo de Sergipe. "Não se pode fazer política com o sofrimento alheio. A luta contra o câncer deve ser a luta da solidariedade. Na hora do sofrimento do povo sergipano não podemos discutir política, mas o respeito à vida. Não estou preocupado com o fato de não ser eu a entregar a obra concluída, porque o governo passará, mas essa obra ficará e a vida das pessoas continua. Esse hospital teve início com um sonho de Marcelo Déda e eu assino a ordem de serviço para o início da construção, mas estou aqui sem vaidade porque sei que essa obra não é de um Governo ou de um político, mas do povo desse estado", ressaltou o Governador ao agradecer a todos que trabalharam diretamente para tornar possível a construção do Hospital.

O governador enalteceu ainda a luta contínua dos movimentos sociais que mantiveram um constante acompanhamento e mobilização em favor da construção do Hospital.

Para a presidente da Associação Mulheres de Peito, Aline Souza, a construção do Hospital do Câncer representa uma grande alegria e vitória para milhares de sergipanos. "Há anos aguardamos esse projeto se tornar realidade e, para nós, sem dúvida esse é um momento muito importante. Representa um grande passo para o futuro e torcemos para que tudo transcorra da melhor forma possível. Os pacientes oncológicos há muito precisam de um centro de especialização como esse, que é um projeto de primeiro mundo. Mas também estamos aqui num sentido de vigília e de cobrança, pois iremos acompanhar o andamento das obras", afirmou.

Sobre o Hospital

A implantação Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas teve início em 2014 com a realização da terraplanagem no terreno em que o equipamento será construído, ao todo, um investimento de R$ 14.532.861,24, oriundo do Proinveste.

O ato de hoje é a segunda etapa e representa um investimento de R$ 59,6 milhões. O projeto contemplará setores específicos com 30 leitos para internação infantil e 120 leitos para internação de adultos, dez leitos de UTI para os adultos e dez para crianças, 20 leitos de quimioterapia e seis centros cirúrgicos.

O Hospital do Câncer terá, ainda, unidades de emergência, de fisioterapia, ambulatorial e laboratorial; centro de tecnologia para transplante de medula; dois aceleradores lineares; dois bunkers e radioterapia; braquiterapia; ressonância magnética; unidades de cintilografia e mamografia, tomógrafo e radiografia. Serão três andares destinados a internamento, dois para adultos e um para crianças, que contará com espaço lúdico e brinquedoteca. 

Estrutura

O acesso ao Hospital do câncer será pavimentado e o estacionamento contará com 560 vagas para veículos, 120 vagas para motos, 15 vagas para pessoas com deficiência e cinco vagas para táxis. A unidade terá, também, um auditório com capacidade para 110 pessoas, unidade de ensino e pesquisa, cozinha industrial e refeitório com capacidade para 130 pessoas, almoxarifado e central de abastecimento farmacêutico. 

Para suprir o hospital da infraestrutura necessária para seu funcionamento, será implantada uma rede de distribuição de água com dois reservatórios com capacidade total para 700.000 litros. Será instalada uma subestação de energia, além de sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), sistema de prevenção e combate a incêndio e circuito fechado de televisão.

 

 

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital