WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Secretário atende crianças no Cemar para evitar desassistência por causa de greve

15/03/2017 - 15h35
clique para ampliarSecretário André Sotero atende no Cemar
clique para ampliar
clique para ampliarMaria Aparecida levou a filha para fazer exame
clique para ampliarTamilles Reis e a filha Emilly

A Prefeitura Municipal de Aracaju e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) buscam alternativas para diminuir a desassistência da população provocada pela greve dos médicos. Na manhã desta quarta-feira, 15, o secretário e médico cardiologista, André Sotero, realizou exames de ecocardiograma pediátrico no Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (Cemar) no bairro Siqueira Campos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Não podemos deixar a população sofrer tanto. Por isso, nós adotamos a medida de os médicos que trabalham na gestão, que são nossos colaboradores, atenderem nos estabelecimentos de saúde. Cada dia um deixa as suas atividades de gestor e vai atender pelo SUS para minimizar a espera do povo aracajuano. Esperamos que os médicos grevistas entendam a situação e voltem ao trabalho o quanto antes, porque temos muito serviço na gestão pra resolver”, explicou o secretário André Sotero.

A dona de casa Maria Aparecida Rodrigues Lima levou a filha de 12 anos, Roberta Kailane Lima, para fazer o exame ecocardiograma pediátrico com o secretário. “Fiquei muito contente com a surpresa, não sabia que doutor André ia nos atender, ele com tanto serviço como secretário e achou um tempo para não deixar a gente esperando. Ele teve bom senso, se todo médico tivesse esta atitude, era bom. Eu sei que o país todo está enfrentando dificuldades, mas a população não tem culpa. O que eu vi pela imprensa não é que todos os trabalhadores da Prefeitura já voltaram a trabalhar e por que só os médicos não querem voltar? Não é só pegar o empréstimo? Eu não entendo”, desabafou a dona de casa.

Também a mãe da menina Emilly Reis Gomes, 5 anos, ficou surpresa com a atitude do secretário. “Pelo menos, ainda existem médicos como doutor André que está cumprindo o juramento que fez quando se formou. Ele com tanta coisa para resolver e ainda assim se disponibilizou a vir fazer os exames das crianças hoje. Quando eu marquei este exame a moça me disse que poderia demorar uns três meses para fazer, mas foi rápido, graças a Deus. Se eu pudesse ia pedir aos médicos que voltem a atender porque esta greve não vai resolver mais nada. Minha prima está precisando se operar, mas o médico que vai fazer a cirurgia ainda está em greve, a coitada está ansiosa, esperando”, disse a dona de casa Tamilles Reis.

Os médicos que trabalham na gestão da SMS estão atendendo voluntariamente desde a última segunda-feira, 13, e vão continuar até o fim da greve. Ontem, o médico André Baião, que é o coordenador da Rede de Atenção Primária (REAP) da SMS consultou na unidade de saúde da Família Eunice Barbosa no Bairro Coqueiral.

Médicos da gestão atendem em unidades de saúde para suprir greve

 

 

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital