WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

SMS encerra Semana de Luta Antimanicomial com a marcha “Movi Mente”

19/05/2017 - 17h27
clique para ampliarFotos: Ascom/SMS
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar

Batucada, trenzinho, cartazes, cores, e muitos sorrisos. Assim foi a marcha "Movi Mente", realizada nesta sexta-feira, 19, na praça Fausto Cardoso, marcando o encerramento da Semana de Luta Antimanicomial, organizada pela Rede de Atenção Psicossocial (Reaps), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Em caminhada, puxada pelos grupos "Batucaps Tô Chegando" e Burundanga, usuários, profissionais da rede e a sociedade em geral se mobilizaram para reafirmar a luta contra o isolamento das pessoas que vivem com transtornos mentais.

Segundo Dalmare Sá, coordenador da Reaps, a semana foi toda em alusão ao Dia Nacional de Luta Antimanicomial, comemorado no último dia 18. "Tivemos diversas ações esta semana porque precisamos reafirmar constantemente a luta contra o isolamento das pessoas que vivem com transtornos mentais e ao preconceito à saúde mental. Os manicômios eram lugares agressivos e desumanos e as pessoas não podem voltar para lá. Nunca mais. Queremos mostrar que podemos cuidar dessas pessoas com liberdade, atenção e afeto", disse.

Ainda de acordo com ele, a atual gestão está empenhada em reestruturar a Reaps e também em incluir cada vez mais os usuários da rede na sociedade. "A gestão quer levar a saúde mental para as praças, cinemas, comunidade e demais espaços. A rede foi bastante desestruturada nos últimos anos e estamos empenhados em refazê-la", comenta Dalmare.

Lazer e Luta

A usuária de um dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Maria de Souza, por exemplo, conta que, além de lutar contra o isolamento das pessoas que vivem com transtornos mentais, ela também fez questão de participar da caminhada por causa do "Batucaps To Chegando".

"Toco tambor no Batucaps e faço isso com muito prazer. Além de lutar por uma boa causa, ainda vim para a marcha para tocar, o que para mim é um lazer. Estou muito feliz e quero mostrar a toda a sociedade que vivo bem", declara.

Já Luciano Silvestre, que também é atendido em um Caps, disse que ele gosta de participar de todas as ações da Rede. "Gosto quando saímos do Caps e vamos para as ruas. Gosto de conversar e também de tocar tambor no Batucaps. Adoro música e, hoje, sou mais feliz porque sei tocar um instrumento e faço parte do Caps", afirma.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital