WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Curso de Comida de Boteco desperta em alunos interesse empreendedor

16/06/2017 - 17h03
clique para ampliarFotos: Ascom/Fundat
clique para ampliar
clique para ampliarTurma do curso de Comida de Boteco
clique para ampliarDivalda Lima
clique para ampliarLucilene Santos
Em cada petisco pronto e que saía quentinho do forno era nítida a satisfação de dever cumprido, refletida na instrutora e nos alunos. Durante as aulas do curso de Comida de Boteco (12h), oferecido pela Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), eles puderam experimentar não apenas o sabor dos aperitivos, mas também vivenciar o processo de aprendizado das técnicas deste tipo de culinária.

A capacitação foi encerrada na manhã desta sexta-feira, 16, na Unidade de Qualificação Profissional (UQP) José Joaquim dos Santos, situada no bairro Coroa do Meio e contou com os representantes da diretoria de Formação Profissional (Dirfop) e diretoria de Empreendedorismo e Cooperativismo, Jilson dos Santos e Trícia Dantas, respectivamente.

Na ocasião, eles reforçaram aos participantes que a Fundat pretende sempre continuar à disposição do cidadão durante todas as etapas da capacitação. "Também queremos oferecer a cada um de vocês oportunidades de encaminhamento ao mercado de trabalho ou acompanhamento para aqueles que desejam iniciar o próprio negócio e se tornar um microempreendedor individual", afirma Trícia.

Pela primeira vez ministrando este curso na Fundat, a instrutora Elenilza de Andrade explica que os conteúdos ministrados não ficam presos apenas à apostila. "Eu abro um leque de opções, trago sempre receitas diferentes e procuro manter a criatividade para criar novos pratos", conta a Elenilza, que também deu dicas de decoração e de como servir o cliente, prestando sempre atenção às sugestões deles.

Das receitas que foram ensinadas, alunos aprenderam a fazer camarão crocante ao molho de maracujá, caldinho feito com feijão, bacon, ovos de codorna e cebola, bolinho de linguiça e escondidinho de carne seca, são sempre os mais pedidos, acompanhados de bebidas. "Quando se pensa em montar um negócio é importante conhecer o tipo de público e o que eles gostam, porque assim eles sempre vão retornar", finaliza.

Interesse em empreender

A aluna Divalda Lima, 57, é moradora do Conjunto Augusto Franco e estreante nas capacitações da Fundat. Ela trabalhava como técnica de Enfermagem, mas atualmente está aposentada, e por conta disso decidiu investir em uma nova área de atuação. "Foi muito bom porque aprendi muita coisa nova e dicas que a professora passou, aprendi a fazer o camarão empanado fiz em casa com molho rosé e deu certo", diz Divalda, que já fez o curso de Cozinheiro no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). "Sempre gostei de cozinha porque me dá prazer cozinhar, meu filho tem um restaurante e segunda-feira começará  ajudá-lo lá", comenta a aluna que também pensa em criar o próprio negócio.

A aluna Lucilene Santos, 46 anos, mora no Bugio e no momento está desempregada. Ela esteve três anos fora do mercado de trabalho para cuidar da mãe e da tia que estavam doentes. Ela já vende artesanato na própria residência, mas deseja continuar fazendo mais cursos e montar o próprio negócio nas áreas artesanais e alimentícias. "Amei, o curso foi ótimo do início ao fim, a professora é dedicada, colocamos a mão na massa, eu não tinha muitos dotes culinários e as habilidades e técnicas que foram passadas me ajudaram muito", conclui Lucilene, pensando em começa a vender os petiscos na vizinhança.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital