WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Saúde participa do Mamaço no Parque da Sementeira

04/08/2017 - 17h35
clique para ampliarFotos: Ascom/SMS
clique para ampliar
clique para ampliarEquipe da Secretaria da Saúde
clique para ampliarA professora Thaís carvalho com a filha Isabela
clique para ampliar

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) marcou presença, na tarde desta sexta-feira, 4, no  Mamaço realizado no Parque da Sementeira. O evento, promovido pela Maternidade Santa Izabel em parceria com a Universidade Tiradentes (Unit), faz parte da programação alusiva à Semana Mundial do Aleitamento Materno.

O Mamaço reuniu dezenas de mães e profissionais da área da saúde com objetivo de mostrar para a sociedade de uma maneira geral que os bebês podem e devem ser amamentados em qualquer lugar e qualquer hora sem preconceitos e recriminações. De acordo com a pediatra Izailza Matos, coordenadora da ação, explica que o Mamaço acontece simultaneamente em  não só aqui no Brasil. "Esse movimento nasceu na França em 2006, e aqui no Brasil foi instituído em 2010, durante a 20ª Semana Mundial do Aleitamento Materno. De lá para cá, as mulheres brasileiras que não só aqui no país, mas em qualquer parte do mundo, começaram a se reunir para amamentar seus filhos em ambiente público para chamar a atenção sobre a importância do aleitamento materno".

Mãe de três filhos, a manicure Isabele Santos fez questão de participar do Mamaço com o pequeno Ian Carlos, de 4 meses. "Amamentei todos os meus filhos e vim aqui hoje para mostrar o quanto esse ato é importante não só para a saúde do meu bebê, mas também para mim e para o fortalecimento do nosso vínculo afetivo".

Durante o evento, muitas mães usaram o microfone para falar de suas experiências com a amamentação. Thaís Carvalho,  professora de Inglês, foi uma delas. Emocionou a todos contando como superou seus bloqueios em prol do amor incondicional que sente pela filha Isabela. "Quando comecei a amamentar minha filha eu achava que tinha que esconder meu seio com um lenço pra ninguém ficar falando por aí que estava me expondo. Mas depois me dei conta de que eu precisava me preocupar apenas com a saúde da minha filha e não com que os outros estavam pensando,  foi a partir daí, e contando com o apoio da família e do meu marido, que eu superei a vergonha de amamentar em público. Amamentar pra mim é a certeza de que estou dando o melhor de mim para minha filha, é a certeza de que ela está recebendo amor liquido".

A coordenadora do Programas Saúde da Criança e do Adolescente e Jovem (PSCAJ) da SMS, Rita Bittencourt, fez questão de estar presente no evento levando apoio e reforçando com as mães os benefícios da amamentação. "Enquanto coordenação de um programa que cuida do bem estar das crianças a gente não poderia deixar de participar e de apoiar o Mamaço. Afinal de contas o ato de amamentar ajuda a proteger os bebês de diversas infecções, previne a mortalidade infantil  e melhora a capacidade de aprendizagem. Amamentar é, de fato, um ato de amor e de fortalecimento da relação entre mãe e filho".

 

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital