WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Secretária assina ordem de serviço para projetos complementares da maternidade do 17 de Março

08/08/2017 - 17h48
clique para ampliarFotos: Ascom/SMS - Secretária Waneska Barbosa com técnicos da SMS e da empresa que fará a elaboração dos projetos complementares.
clique para ampliarAna Amélia de Freitas, diretora técnica da Projenc assinando a ordem de serviço.
clique para ampliar

O sonho da primeira maternidade com parto humanizado de Aracaju começa a se tornar realidade de fato. A secretária municipal da Saúde, Waneska Barbosa, assinou a ordem de serviço para a elaboração dos projetos complementares da maternidade do bairro 17de Março, juntamente com a engenheira Ana Amélia Machado de Freitas, diretora da empresa Projenc, que fará a confecção destes projetos. A assinatura aconteceu na tarde desta terça-feira, 8, no gabinete da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Várias etapas foram vencidas para essa retomada da construção da Maternidade. Em uma das visitas técnicas da equipe do Ministério da Saúde, em 2015, foi solicitada a inclusão de alguns serviços não contemplados no projeto anterior. Com isso foi necessário a ampliação do equipamento hospitalar.  Também não havia sido concluído o desmembramento do terreno para emissão da escritura que é um documento primordial para liberação de recursos do agente financeiro. “É muito esperada esta retomada da construção da maternidade, tanto pela população, quanto pelo prefeito Edvaldo Nogueira, que a colocou como uma de suas prioridades”, disse a secretária Waneska.

Após todas as adequações terem sido realizadas pela gerência de projetos da SMS para atender as normas vigentes de acessibilidade, de vigilância sanitária, recomendações da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), a empresa Projenc receberá os arquivos para iniciar seu trabalho. “Todas as pendências nós verificamos e vamos entregar os arquivos atualizados para a empresa elaborar os projetos complementares, que são, por exemplo, instalações hidrosanitárias, elétricas, combate a incêndio e estrutural. Enfim, são várias alterações que englobam estes projetos”, explicou a coordenadora de Infraestrutura da SMS, a engenheira Carla Fonseca.

A coordenadora de Infraestrutura informou que o prazo será de 90 dias para a conclusão destes projetos complementares com as devidas aprovações do Corpo de Bombeiros, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), da Energisa e Deso. “Depois de vencida esta etapa, A SMS formalizará junto à Emurb a solicitação de nova licitação para a construção da maternidade. Enviaremos os projetos com o referido orçamento que num prazo de 30 dias analisará o processo para disparar a licitação para reiniciar a obra. Nós vamos discutir juntos prazos para que a meta da gestão seja cumprida. Ainda temos muito trabalho porque esta será a primeira maternidade com parto humanizado e também a primeira dentro das normas de acessibilidade”, concluiu Carla Fonseca.

Além da Secretária Waneska Barboza participaram do encontro, a coordenadora de Infraestrutura Carla Fonseca, os técnicos da empresa Projenc e a secretária adjunta, Ana Débora Santana.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital