WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Domingo no parque: Sema participa de Simpósio para a conservação da flora nativa

08/10/2017 - 18h18
clique para ampliarDistribuição de mudas para os participantes do evento (Fotos: Alliston Fellipe)
clique para ampliarFernanda Vidigal, coordenadora do Simpósio.
clique para ampliarSemiramis Ramos, pesquisadora da Embrapa.
clique para ampliarTeatro Ambiental da Sema encantando e sensibilizando o público presente.
clique para ampliarSecretário municipal do Meio Ambiente de Aracaju, Augusto Cesar Viana.
clique para ampliarCartilhas do Programa Nosso Pomar, da Sema, também foram entregues como forma de orientar o público quanto à arborização de Aracaju.
clique para ampliar1.000 mudas foram doadas durante o evento.
clique para ampliarO público que estava no parque pode participar do plantio de 100 espécies frutíferas.
clique para ampliarMônica Levita sendo orientada pela coordenadora de Educação Ambiental da Sema, Raphaella Ribeiro, durante o plantio de mudas.
clique para ampliarO pequeno Bernardo encantado com o plantio de mudas, já demonstra amor pelo meio ambiente.
Um domingo repleto de verde e participação. Foi assim na manhã deste domingo, 8, no Parque Augusto Franco, conhecido como Parque da Sementeira. Isso porque a Rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste (RGV Nordeste) realizou, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) e da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), o III Simpósio de Recursos Genéticos Vegetais. 
 
O evento, aberto ao público em geral, foi a primeira atividade da programação do III Simpósio e teve por objetivo difundir o tema Recursos Genéticos Vegetais (RGV) junto ao público e sensibilizá-lo quanto ao seu papel na conservação das espécies nativas da flora do Nordeste dentro do ambiente urbano. A coordenadora da ação e pesquisadora da Embrapa, Fernanda Vidigal, explica a importância da realização do evento como forma de fazer com que o cidadão participe das causas ambientais. “Esse trabalho que estamos realizando objetiva sensibilizar o cidadão urbano sobre a importância do plantio, de forma correta e criativa, de algumas mudas, principalmente dentro de sua própria residência. Assim, conseguimos resgatar a valorização dessas espécies, que são belíssimas e que podem ser usadas de formas diversificadas, como em jardins e enfeites para varandas”, destaca.
 
Semiramis Ramos é pesquisadora da Embrapa e também participou do evento. Para ela, foi de suma importância essa contribuição da Sema, que se engajou no projeto e não mediu esforços para colaborar.  “A Sema nos recebeu muito bem e nos apoiou nessa causa. Conhecemos o Plano de Arborização Urbana de Aracaju, que objetiva ter uma cidade mais florida, e entendemos que tinha tudo a ver com o nosso evento, assim como o seu trabalho de educação ambiental, que visa a participação de toda a sociedade na conservação da nossa diversidade e do nosso recurso genético. Por isso, solicitamos essa contribuição e participação da Sema, que elegeu algumas espécies de árvores, nativas e frutíferas, para a doação e plantio na primeira programação do nosso III Simpósio”. 

Participação da Sema
 
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Aracaju se engajou na ação exibindo uma esquete teatral, apresentada pelo Grupo EArte, composto por integrantes do setor de Educação Ambiental. O espetáculo teve por objetivo mostrar, de forma lúdica e descontraída, os cuidados com o meio ambiente. A Sema também doou mil mudas para a Embrapa, que foram distribuídas no evento. Por fim, realizou o plantio, no parque, de 100 mudas frutíferas, orientando os participantes sobre os procedimentos corretos para a devida ação. Dentre algumas espécies plantadas estão a jabuticaba, goiabeira, cajueiro, jamelão, oiti e a pitombeira. 
 
De acordo com o secretário municipal do Meio Ambiente de Aracaju, Augusto Cesar Viana, o plantio de árvores é um ato indispensável para garantir a qualidade de vida de uma população. “O reflorestamento, além de resgatar algumas áreas, auxilia na conservação do meio ambiente. E a população tem um grande valor para esse projeto através das suas ações conscientes e participativas”, explica. 
 
O assessor técnico da Sema, Vitor Melo, guiou os participantes do evento, orientando sobre os cuidados e procedimentos corretos para o plantio de mudas. “ Os participantes puderam aprender, de forma lúdica e interativa, sobre a importância de plantas frutíferas, ornamentais, florestais, com a devida orientação técnica para o seu cultivo e manutenção”, garante. 

Aprendizado
 
Mônica Levita aproveitou a sua caminhada matinal para participar das ações. Ela levou para casa algumas mudas, como hortelã e alecrim, e finalizou a sua manhã de domingo também plantando algumas espécies arbóreas no parque. “Como eu admiro muito a natureza, eu peguei duas mudas para serem colocadas no meu apartamento. Fui muito bem orientada sobre os processos necessários para o cuidado e manutenção. Por fim, concluo essa belíssima manhã plantando algumas mudas. Adorei participar, saio daqui muito satisfeita”, garante Mônica Levita. 
 
Alunos do 2º ao 5º ano do ensino fundamental do Colégio Amadeus também participaram do evento, conduzidos por coordenadores e professores da instituição. "É importante que a gente tenha projetos voltados para essa questão de educação ambiental. Visitar o parque em uma manhã de domingo foi especial. A garotada veio para colocar a mão na massa. As crianças adoraram plantar algumas mudas, assim como assistir à esquete teatral. Tudo isso ajuda no desenvolvimento do espírito de conservação que elas precisam ter”, declara o professor do colégio Amadeus, Fritz Barreto. 

Programa Nosso Pomar
 
A Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, vem colocando em prática o Plano de Arborização Urbana, que estabelece alguns programas de desenvolvimento, de forma que se possa associar a implantação técnica da arborização da cidade a práticas de sensibilização ambiental. 
 
O Programa “Nosso Pomar” faz parte do eixo do plano e tem como objetivo o plantio de espécies arbóreas frutíferas em escolas, praças, residências e condomínios, ações que estão associadas a um trabalho de educação ambiental para sensibilização quanto aos benefícios e importância da árvore.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital