WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Saúde ouve sugestões dos sindicatos para a reorganização da atenção básica de Aracaju

10/10/2017 - 18h05
clique para ampliarFotos: Ascom/SMS
clique para ampliar
clique para ampliar
A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) tem buscado promover uma gestão mais participativa, acolhendo as sugestões dos servidores e do controle social. Um exemplo disso foi a reunião convocada pelos sindicatos ligados à área da saúde para discutir a reorganização do trabalho realizado na atenção primária de Aracaju. O encontro aconteceu nesta terça-feira, 10, no auditório do Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (Cemar) do Siqueira Campos.

A secretária adjunta Municipal da Saúde, Ana Débora Santana, informou que esta reunião faz parte da Mesa de Negociação. “Viemos ouvir dos sindicatos a proposta de reorganização do trabalho na Atenção Básica, principalmente das equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF). A partir daí, vamos avaliar as sugestões para ver como elas podem ser viabilizadas pela nossa gestão. Fazemos isso porque queremos construir uma assistência à saúde de forma integrada, e tanto os trabalhadores quanto os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) são nossos parceiros”, explicou.

Para Adailton Santos, integrante da Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), reuniões como essa são sempre positivas. “É bom para aproximar o trabalhador da gestão da SMS, pois nosso interesse é o mesmo, que é a melhoria da qualidade da assistência prestada. Nós queremos contribuir”, frisou o diretor.

Adailton explicou ainda que as equipes de ESF têm que trabalhar durante 40 horas semanais. Destas, 32 são para prestar assistência e quatro são voltadas para estudos. As quatro horas restantes foram colocadas em pauta para o debate com a SMS. “Cada categoria tem um entendimento. Para a nossa, sugerimos duas horas de capacitações e mais duas horas para o banco de horas, caso a gestão promova eventos como campanhas aos sábados, por exemplo. Esses acumulados já ficariam disponíveis para as necessidades da Secretaria”, detalhou.

Os gestores da SMS presentes acolheram as sugestões e vão estudá-las para fazer uma contraproposta que seja viável a todos. Além da secretária adjunta Ana Débora Santana, participaram do encontro a diretora de Atenção à Saúde (DAS), Ana Márcia Menezes; a coordenadora da Rede de Atenção Primária (Reap), Monalisa Fonseca, e os técnicos da Reap Nara Mariano e André Baião. Os sindicatos representados foram os dos médicos (Sindmed), dos odontólogos (Sinodonto), dos enfermeiros (Seese), dos fisioterapeutas (Sintrafa), dos psicólogos (Sinpsi), dos agentes comunitários e de endemias (Sacema) e o dos trabalhadores na área da saúde de Sergipe (Sintasa).
 
 
Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital